máquina de Diálise

EM FATO INÉDITO SANTA CASA DE ANDRADINA REALIZA PRIMEIRA DIÁLISE EM PACIENTE EM TRATAMENTO POR COVID

Procedimento evitará que os pacientes sejam transferidos para outros hospitais.

 

Referência regional em saúde de atendimento de média e alta complexidades, a Irmandade Santa Casa de Andradina, em ação inédita, realiza a primeira sessão de Diálise em paciente COVID, que poderia vir a óbito, caso o procedimento não fosse realizado na unidade, por não ter vagas em outros hospitais.

 

“Já estávamos prontos, com estrutura e equipe treinada, mas antecipamos o início de mais essa oferta da Santa Casa, para salvar essa vida em específico e a partir de então, tantas outras”, emocionado relata o Médico Nefrologista Carlos Eduardo Mendonça da Rocha.

 

Para os pacientes que evoluem para quadros de insuficiência renal aguda ou crônica graves, a hemodiálise é necessária. O procedimento funciona como uma substituição artificial dos rins: o equipamento recebe o sangue do paciente por um acesso vascular, que é exposto à solução de diálise (dialisato) através de uma membrana semipermeável que retira o líquido e as toxinas em excesso e devolve o sangue limpo para o paciente.

 

Embora ainda não exista levantamentos das máquinas no Brasil, sabe-se que o país não está preparado para receber muitos casos de insuficiência renal. De acordo com dados do Ministério da Saúde, somente 8,75% dos municípios têm a tecnologia que “imita” a função dos rins e a Santa Casa de Andradina tem e a partir dessa primeira sessão, passará a oferecer mais esse tratamento para os andradinenses e pacientes da região.

 

A mais nova oferta do Hospital de Andradina é direcionada para pacientes em quadro clínico considerado grave, diferente dos pacientes crônicos que necessitam do tratamento, três vezes na semana.

 

“Esse procedimento é direcionado para pacientes em UTI”, explica o Dr. Rocha que ainda alerta. “Estamos salvando vidas, pois as sessões são necessárias para restabelecer o funcionamento dos rins, que pode levar a morte em um curto espaço de tempo”.

 

A Diretoria da Irmandade Santa Casa de Andradina enaltece a conquista que engloba o trabalho administrativo aliado ao clínico, mas continua em busca da abertura do Centro de Hemodiálise que trará uma melhor qualidade de vida aos pacientes andradinenses e da região que passarão a usufruir uma estrutura moderna e eficaz.

 

Devido a pandemia, o espaço foi cedido ao município para a montagem do “Centro de Atendimento COVID”, mas em um futuro nem tão distante, voltara para sua função principal.

Author Info

Assessoria de Imprensa

No Comments

Deixe uma resposta