Sebastiao2

O.S.S Santa Casa de Andradina começará a execução de Ações Complementares na Atenção à Saúde dos Povos Indígenas

Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Litoral Sul atende uma população indígena de cerca de 8,3 mil pessoas em 14 aldeias, localizadas nos estados de São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

Andradina: A O.S.S Santa Casa de Andradina foi vencedora de um certame que visou o chamamento Público para selecionar instituições beneficentes de assistência social na área de Saúde com o objetivo de assegurar a continuidade da assistência à saúde dos povos indígenas e atender às recomendações dos órgãos de controle externo no sentido de aumentar a fiscalização e melhorar a qualidade dos serviços e ações de atenção à saúde em áreas indígenas.

Onde e o que fará a O.S.S

Segundo informações colhidas a assistência à saúde em atenção básica prestada à população indígena é realizada por meio do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI). No Brasil, são 34 DSEIs divididos estrategicamente por critérios territoriais e não, necessariamente, por estados, tendo como base a ocupação geográfica das comunidades indígenas. Além dos DSEIs, a estrutura de atendimento conta com postos de saúde, com os Polos base e as Casas de Saúde Indígena (Casais). O DSEI Litoral Sul conta com duas CASAIs: 1 em São Paulo e outra em Curitiba.

No total, são mais de 600 trabalhadores entre agentes Indígenas de Saneamento, Agentes Indígenas de Saúde, Apoiadores técnicos em saúde e saneamento, assistente Social, Auxiliar de saúde bucal, Cirurgião dentista, Enfermeiro, Farmacêutico, Médicos, Psicólogos e Técnicos de enfermagem.

Competência da O.S.S para atuar junto a Secretaria Especial de Saúde Indígena

Não seria qualquer instituição que estaria pronta para atuar junto a Secretaria Especial de Saúde Indígena.

A criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) permitiu uma série de investimentos logísticos que possibilitaram a garantia do transporte de equipes de saúde até as aldeias; a contratação de mais profissionais de diferentes áreas para atuar nas aldeias; a aquisição de insumos necessários para atuação desses profissionais.

O SESAI, segundo informações colhidas, acelerou a resolutividade dos atendimentos em área indígena e diminuiu os encaminhamentos de pacientes para tratamentos em estabelecimentos do SUS. Isso resultou na ampliação do número de atendimentos médicos; ampliação das consultas de Pré-natal; melhoria da cobertura vacinal; diminuição nas taxas de mortalidade infantil e materna e ampliação da assistência de saúde bucal, entre outras melhorias.

Foto: Sebastião Sergio da Silva um exemplo de administrador moderno e determinado

Marcos Aurélio – Jornalista

Author Info

Assessoria de Imprensa

No Comments

Deixe uma resposta