WhatsApp Image 2021-03-19 at 16.12.57

SANTA CASA DE ANDRADINA ENALTECE O TRABALHO DAS EQUIPES MULTIDISCIPLINARES

São no mínimo 10 profissionais para o funcionamento de uma unidade de terapia intensiva

Um Médico Intensivista, uma Enfermeira Intensivista e uma Fisioterapeuta Intensivista, que coordenam por mais um Médico, mais uma Enfermeira e mais uma Fisioterapeuta, esses plantonistas; além de, Técnico em Enfermagem, Nutricionista, Farmacêutico e Psicólogo, com suporte de mais uma gama de especialistas como cardiologistas, nefrologistas, infectologistas e outros profissionais que atuam na realização de exames de imagem e laboratório.

Esta, é a formação de uma equipe multidisciplinar para o funcionamento de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que para suprir as necessidades de um paciente, necessitam de suporte de equipes de cozinha, limpeza, lavanderia e administrativo. Profissionais que dentro da Irmandade Santa Casa de Andradina, vem a mais de um ano colocando a profissão acima da própria vida!

Assim, a estrutura para a abertura de novos leitos, vai muito além de uma maca e de respiradores, é necessário o empenho, agilidade, conhecimento e principalmente coragem para em equipe, salvar vidas afetadas por um vírus até então desconhecido, com reações distintas em diferentes organismos.

A Santa Casa de Andradina teve seu principal lema colocado em prática da maneira mais agressiva possível, “De mãos dadas em respeito a Vida”!

Sempre investindo em contratações especializadas e em capacitações de seus colaboradores, o hospital tem vivido dias desafiadores para manter seu corpo clínico completo, saudável e ativo para continuar atendendo os pacientes infectados e também os demais que necessitam de atendimento em demandas diárias, que não pararam devido a pandemia.

Importante ressaltar que a instituição prioriza a proteção de seus colaboradores e disponibiliza todos os equipamentos de proteção e constante higienização total do prédio.

A esses profissionais, nosso respeito, admiração e eterna gratidão.

Os números de leitos, não podem definir o combate ao vírus, mas sim um estado maior de alerta para a população que precisa fazer a sua parte com o distanciamento social e medidas preventivas como, uso de máscara e higienização das mãos.

De nada adianta, 10, 20 ou 30 leitos se os números de infectados continuarem aumentando.

Author Info

Assessoria de Imprensa

No Comments

Deixe uma resposta